A MORDER OS CALCANHARES DO PODER

sexta-feira, dezembro 23, 2005

Música

Hoje, coloco na coluna da direita esta música para que quando vos apeteça a possam ouvir. Se quiserem acompanhar a letra podem fazê-lo indo aqui.


Como refere o autor logo no início da mesma "(...)não se deixem distrair por esses pormenores que possam ser já não muito actuais e que isso não contribua para desviar a vossa atenção do que me parece ser o essencial neste texto." , pois há coisas nele que são de uma actualidade impressionante.

O meu agradecimento, vai por inteiro para o Emanuel Saramago a quem surripiei o link para a música. Aqui fica, pois, o meu obrigado.

12 Comments:

Blogger Saramago said...

obrigado ;)

2:34 da tarde

 
Blogger Bart Simpson said...

uma obra perfeitamente imortal.

5:18 da tarde

 
Anonymous Anónimo said...

A luta tem de endurecer! Não se trata de mudar o governo. Ao fim de 30 anos de alternancia PS/PSD, vivemos num país miserável, o mais pobre da UE. Estes filhos duma mocha, delapidaram o ouro Salazarista, as ajudas da UE, os nossos impostos, e ainda nos endividaram. Cada um de nós deve hoje ao estrangeiro 2.000 contos! Os resultados? 20% dos nossos a viverem na pobreza, 450.000 desempregados, povo sugado pelos impostos. Mudar de governo nada resolve. Mudar o regime pode ser a solução. Por isso eu não voto. É pelo voto que estes comedores se sentem legitimados para tudo o que decidem!
http://desgovernos.blogs.sapo.pt/

7:25 da tarde

 
Blogger Zecatelhado said...

Que 2006 seja "o tal" ano de venturas e desejos realizados que estavas à espera.
Aquele @bração do
Zecatelhado

1:47 da tarde

 
Blogger Atalívio said...

Como é? Todos os dias venho cá e é só musica, só musica. Sr cão de guarda, vamos lá a postar post novos, toca a acordar! :)
Nós já nos vemos pouco, até porque estamos bastante longe um do outro, e então que por aqui sei que estas vivo.
Aquele abraço

1:05 da tarde

 
Anonymous Kawa said...

Pois é!!

O amigo ata tem razão... anda um gajo todos os dias a visitar o teu blog e nada de coisinhas frescas... nem uma breve alusão ao avc do Sharon...

Acorda!!

7:03 da tarde

 
Blogger a.castro said...

O José Mário Branco provoca-me saudades de tempos que já gostaria de ver repetidos...
Com efeito, muita coisa mudou ao ponto de anular tudo que o 25 de Abril conseguira...
Abraço

1:23 da manhã

 
Blogger Fernando said...

Vai-me desculpar mas vou mesmo roubar-lhe a música e o poster e colocar no meu. José Mário Branco é mesmo o meu cantautor preferido.

9:32 da tarde

 
Blogger Madalena said...

Também agradeço. Não sei a quem, mas agradeço. Nem sei muito bem já como é que cá vim parar, mas vim e estou "amachucada" a ouvir...

2:34 da tarde

 
Anonymous Cris said...

Olá amigo...obrigado pelo teu "regalo"...feliz! Igualmente feliz pelo teu anunciado regresso. Que seja o mais breve possível!
Um abraço

6:02 da tarde

 
Blogger a.castro said...

Só para avisar que peço para roubar tudo que já roubei (ou seja, primeiro roubo e só depois é que peço!!! eu sei que foi deselegante da minha parte, mas como na altura não estava ninguém em casa!...). Suscitou poucos mas bons comentários! Foi neste post:
José Mário Branco
Abraço!

1:38 da manhã

 
Blogger Salvador said...

Estou estupfacto! Neste momento estão a perguntar-me o que achei depois de ouvir pela primeira vez a FMI... Mas... Por mais que queira não tenho nada para dizer. Há coisas neste mundo que nos ddeixam sem palavras, ainda bem... Muito obrigado não sei bem a quem.
ass:Salvador Palma

1:48 da manhã

 

Enviar um comentário

<< Home